FACILITADORA DE GRUPO

Autoconhecimento pela Tradição da Cabala– “Os estudos das ciências ocultas indicam que está à disposição da humanidade um grande número de informações sobre a vida, que devem ser compartilhadas na prática das relações. Ao longo da história muitas informações se fragmentam, mas também emergem como raízes que se fortalecem e geram ramos cada vez mais fortes e conclusivos. Convém lembrar que a humanidade não está fora do seu percurso, mesmo que não saiba conscientemente, mas as informações que a cabala apresenta podem clarear o percurso de cada indivíduo na vida que escolheu. Nossos estudos indicam tentativas de compreender o percurso da vida, buscando seguir formas simples, suaves, objetivas e transformadoras para viver em harmonia com todo o conteúdo de experiências que dispomos”. Juarez Gurdjeff.

Rodas de conversa terapêutica– Sentamos juntos em roda. Celebramos a Vida, e despertamos o que há de melhor em cada um de nós através do círculo sagrado de intenções e harmonização com a originalidade de nossas almas. Ao sentarmos em círculo, compartilhamos da ancestral sabedoria daqueles que caminharam antes de nós. Reconhecemos o movimento da Mãe Natureza da qual somos parte. Falamos uns aos outros de coração a coração, honrando e redescobrindo nossa própria sabedoria para que possamos conduzir nossas vidas com integridade em cada processo e materializando nossa excelência espiritual a prática de nossas vidas.

Vivências com condução sobre determinado tema– Nos entregaremos às experiências sagradas que no somente no grupo acontecem para que façamos acesso ao real Eu que habita em nós. As sagradas Tradições nos ensinam o caminho, as sagradas escrituras nos fazem entender o saber que em tudo habita e para que assim honremos nossa estada nesse Planeta hoje chamado Terra, precisamos praticar esse saber e assim o fazer despertar em nossa rotina para que o todo flua em seu processo de evolução. O sábio concorda com a Lei, e compreendendo o seu movimento, ele o opera em vez de ser cego escravo.

Estudo de tradições e o que cada uma oportuniza cada pessoa ao seu aprendizado– Um mergulho em sua essência através de práticas espirituais ensinadas pela Sagradas Tradições (Wicca, Cabala, Afro-brasileiras, Povo Celta, Povos Orientais, Cristianismo, Budismo, Judaísmo, etc.). Estudaremos as energias e leis Universais, formas de nos conectarmos com as forças da Mãe Natureza em suas várias manifestações, práticas de desenvolvimento e atenção aos cinco sentidos. Estudo da energia do mês, os ciclos da lua, as estações vigentes, o entendimento dos quatro elementos, acessando assim, os mistérios do inconsciente.

O Sagrado no cotidiano– Baseada nos estudos das Tradições Universais e abordagens da psicologia, vamos refletir se o resultado material no cenário de vida em que vivo correspondem a minha essência espiritual. As escolhas que tenho feito promovem o meu bem-estar? A palavra “sagrado” provém do latim sacrum, que se referia a alguma coisa em seu poder. Já o termo santo vem de sanctus, significando “que tem caráter inviolável, respeitável, purificador”. Por isso fiz a escolha dessa palavra como título de nossa vivência. O que venho deixando em meu poder? O que venho respeitando, honrando em meu dia-a-dia? Como estamos caminhando é o que precisamos cuidar, sermos gentis conosco o tempo todo diante das experiências que escolhemos vivenciar. Nosso espírito desconhece as leis da matéria, precisamos sermos cuidadosos e gentis conosco o tempo todo! As memórias que teremos desse caminho precisam ser agradáveis, bem organizadas em nossa mente, pois de nada adianta chegarmos destruídos ao nosso objetivo. Para que tenhamos energia o suficiente para realizar nossos sonhos, precisamos saber identificar o que nos abastece de vida e praticar essas ações em nosso cotidiano. Cada pessoa que escolhemos conviver, cada chão que escolhemos pisar, cada objeto que escolhemos nos relacionar precisam representar um sagrado para mim. A instância do feminino que habita em nós é a capacidade que temos de fazer contato com o sonho, com minhas emoções e reais sentimentos.

Já a instância do masculino que habita em nós é a capacidade que temos de realizar, de fazer os meus desejos se concretizarem nesse mundo que tem como uma das leis, a materialização. A consciência do que é bem-estar para si, a prática da gentileza e honestidade consigo em todas as experiências vividas são meios para chegarmos a realização de nossos sonhos. Venha junto vivenciar esse contato com as polaridades do feminino e masculino que habitam em nós, através do desenvolvimento dos cinco sentidos fazer uma profunda reflexão sobre as energias que alimentamos e escolhemos conviver em nosso cotidiano, as quais irão nos levar à realização do desejo que nos individualiza e nos faz saber o que é SER!